Seja bem vindo ao meu blog, Deixe seu recado e opinião ;)
RSS

28 de setembro de 2008

Seja um idiota...

A idiotice é vital para a felicidade.
Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre.
A vida já é um caos. Por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado?
Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes,separações, dores e afins.
No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota!
Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você.
Ignore o que o boçal do seu chefe disse.
Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele!
Milhares de casamentos acabaram não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice.
Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto.
Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo, soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?
Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana?
Quanto te
mpo faz que você não vai ao cinema?
É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí, o que elas farão se já não têm por que se
desesperar?
Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo.
Você quer? Espero que não!
Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas... a realidade já é dura; piora se for densa.
Brincar é legal!
Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte.
Ser adulto não é perder os prazeres da vida e esse é o único "não" realmente aceitável.
Teste a teoria.
Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir...
Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!
Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?

Ailin Aleixo

8 comentários:

Sonia Regly disse...

Agradeço a doce visitinha,volte sempre a casa é nossa!!!!Beijos e uma semana de paz!!!

Sonia Regly disse...

Agradeço a doce visitinha,volte sempre a casa é nossa!!!!Beijos e uma semana de paz!!!

Eu e Ela disse...

Menina, adoro esse texto.

Só os que tem a capacidade de ser idiota consegue a felicidade....


Beijos

Peter Pan disse...

Princesinha Perfeita:
Quero pdir-lhe desculpas pela ausência verificada a este terno e delicioso "espacinho".
Como sabe, terminei o meu blog por razões que um dia lhe explicarei com sinceridade e verdade.
Merece plenamente pela forma como entende o mundo e com a sua prodigiosa sabedoria encantadora e maravilhosa.
Fica para mais tarde.
O seu valor é precioso e imenso.
Quanto ao Post?

"...A idiotice é vital para a felicidade.
Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre.
A vida já é um caos. Por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado?
Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes,separações, dores e afins.
No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota!..."

Sabe, VOCÊ, linda amiga, pode ser tudo menos idiota.
A ironia do autor de sua escolha, penso que o disse num aspecto positivo, isto é, não devemos ligar a certas coisas que nos dizem inoportunas e autênticas aberrações, em que devemos interiorizar com uma "idiotice" que ignora ou faz por ignorar o que o verdadeiro idiota expressou. Assimilamo-na em nós com tanto desgosto, que só nos resta ser passarmos por idiotas.
Olhe, admiro-a e estim-a imenso.
Tenho um respeito gigantesco por si.
Uma admiração enorme.
Não se deixe levar por certas alturas de desencanto ou dor.
POR FAVOR, nunca passe por idiota que nunca o é ou foi.
A felicidade está à espreita em todo o lado.
Beijinhos imensos de ternura e carinho.
Desculpe, alguma idiotice que expressei sem sentido ou coerência.
Delicioado pelo seu encanto que permanee e permanecerá eternamente em mim e no que sou.
Humildemente

p.pan

Wellington disse...

Oi, Luciana. Legal o seu blog. Dá uma olhadinha no meu e depois vc me manda um e-mail, tá?

Abraços...

NAFURI disse...

olá! Tens un blog muito lindo !!!
adorei deste post! =)
Cumprimentos ^^

Peter Pan disse...

Princesinha Linda:
Vim somente deixar-lhe um beijinho amigo no Ser Humano admirável e fantástico, que é.
Com respeito e estima
Sempre a considerá-la imenso em mim e no que sou

p.pan

OBRIGADO pela sua amizade que jamais esqueço ou esquecerei.

Carol disse...

Lucy! Adorei! Eu sou a idiota então, que vive sorrindo! Hahahaha! Beijocas linda!

Carol
www.meuveneno.com

Postar um comentário

Tags Autores e Temas

Ailin Aleixo (1) Albert Einsten (2) Álvaro de Campos (1) Amizade (28) Amor (80) amor próprio (6) André Compte-Sponville (1) Animais (4) Antoine de Saint-Exupéry (1) Ariano Suassuna (1) Arjuna Baptiston (1) Arquivo Pessoal (28) Arthur Schopenhauer (2) atitude (10) Augusto Cury (1) Autor desconhecido - A.D. (10) Awards (2) Beatriz Brum (1) Bob Marley (2) Buda (1) Caio F. Abreu (2) Carinho (1) Carlos Drummond de Andrade (11) Cazuza (1) Cecília Meireles (5) Charlie Brown Jr (1) Chico Buarque (1) Ciumes (1) Clarice Lispector (6) Clarisse Correa (1) Colleen Houck (1) coração (2) Crescer (1) Dalai-Lama (3) dieta (1) dificuldades (3) Diversos (48) Dom Helder Câmara (1) Drogas (2) Educação (2) Escolhas (1) etnia (1) Eu me chamo Antonio (2) Família (5) Felicidade (17) Fernanda Mello (1) Fernando Pessoa (12) Filmes (3) Foto mensagem (5) Frases (74) futuro (5) Gabriel Silva (1) Gandhi (3) Haroldo de Campos (1) Hermann Hesse (1) Humanidade (12) Humor (27) Isadora Lustosa (1) Kelly Clarkson (1) Kid Cudi (1) Leo Buscaglia (1) Luis Carlos Lisboa (1) Luis Fernando Veríssimo (2) Luiz Pondé (1) Machado de Assis (1) Mafalda (1) Malala Yousafzai (1) Marcos Donizetti (1) Marilyn Monroe (1) Mario Quintana (16) Martha Medeiros (3) medo (1) Michel Melamed (1) Millôr Fernandes (1) Mulher (20) Música (17) Natureza (11) Oscar Wilde (1) Osho (3) Pablo Neruda (4) Padre Fábio de Melo (2) Paulo Coelho (6) Paz (3) PC Siqueira (1) Placas (2) Poemas (20) Política (1) Positividade (7) Provérbios (19) Quadrinhos (4) realidade (1) Reflexões (61) Relacionamentos (10) Religiosas (19) Renato Russo (1) Ruas (2) Sabedoria (9) São Paulo (1) Sapatos (1) Saudades / Ausência (17) Ser louco (4) Shakespeare (5) Slash (1) Snoop (1) Sofrer (12) Solidão (6) sonhos (1) Stendhal (1) Stephen Hawking (1) superação (8) Televisão (2) Tempo (6) Thomas Huxley (1) Victor Hugo (4) Vida (36) Vingança (1) Vinicius de Moraes (14) William Blake (1) Winston Churchill (1)