Seja bem vindo ao meu blog, Deixe seu recado e opinião ;)
RSS

14 de julho de 2007

OS OMBROS SUPORTAM O MUNDO

Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus.
Tempo de absoluta depuração.
Tempo em que não se diz mais: meu amor.
Porque o amor resultou inútil.
E os olhos não choram.
E as mãos tecem apenas o rude trabalho.
E o coração está seco.

Em vão mulheres batem à porta, não abrirás.
Ficaste sozinho, a luz apagou-se,
mas na sombra teus olhos resplandecem enormes.
És todo certeza, já não sabes sofrer.
E nada esperas de teus amigos.

Pouco importa venha a velhice, que é a velhice?
Teu ombros suportam o mundo
e ele não pesa mais que a mão de uma criança.
As guerras, as fomes, as discussões dentro dos edifícios
provam apenas que a vida prossegue
e nem todos se libertaram ainda.
Alguns, achando bárbaro o espetáculo,
prefeririam (os delicados) morrer.
Chegou um tempo em que não adianta morrer.
Chegou um tempo em que a vida é uma ordem.
A vida apenas, sem mistificação.
Carlos Drummond de Andrade

0 comentários:

Postar um comentário

Tags Autores e Temas

Ailin Aleixo (1) Albert Einsten (2) Álvaro de Campos (1) Amizade (28) Amor (80) amor próprio (6) André Compte-Sponville (1) Animais (4) Antoine de Saint-Exupéry (1) Ariano Suassuna (1) Arjuna Baptiston (1) Arquivo Pessoal (28) Arthur Schopenhauer (2) atitude (10) Augusto Cury (1) Autor desconhecido - A.D. (10) Awards (2) Beatriz Brum (1) Bob Marley (2) Buda (1) Caio F. Abreu (2) Carinho (1) Carlos Drummond de Andrade (11) Cazuza (1) Cecília Meireles (5) Charlie Brown Jr (1) Chico Buarque (1) Ciumes (1) Clarice Lispector (6) Clarisse Correa (1) Colleen Houck (1) coração (2) Crescer (1) Dalai-Lama (3) dieta (1) dificuldades (3) Diversos (48) Dom Helder Câmara (1) Drogas (2) Educação (2) Escolhas (1) etnia (1) Eu me chamo Antonio (2) Família (5) Felicidade (17) Fernanda Mello (1) Fernando Pessoa (12) Filmes (3) Foto mensagem (5) Frases (74) futuro (5) Gabriel Silva (1) Gandhi (3) Haroldo de Campos (1) Hermann Hesse (1) Humanidade (12) Humor (27) Isadora Lustosa (1) Kelly Clarkson (1) Kid Cudi (1) Leo Buscaglia (1) Luis Carlos Lisboa (1) Luis Fernando Veríssimo (2) Luiz Pondé (1) Machado de Assis (1) Mafalda (1) Malala Yousafzai (1) Marcos Donizetti (1) Marilyn Monroe (1) Mario Quintana (16) Martha Medeiros (3) medo (1) Michel Melamed (1) Millôr Fernandes (1) Mulher (20) Música (17) Natureza (11) Oscar Wilde (1) Osho (3) Pablo Neruda (4) Padre Fábio de Melo (2) Paulo Coelho (6) Paz (3) PC Siqueira (1) Placas (2) Poemas (20) Política (1) Positividade (7) Provérbios (19) Quadrinhos (4) realidade (1) Reflexões (61) Relacionamentos (10) Religiosas (19) Renato Russo (1) Ruas (2) Sabedoria (9) São Paulo (1) Sapatos (1) Saudades / Ausência (17) Ser louco (4) Shakespeare (5) Slash (1) Snoop (1) Sofrer (12) Solidão (6) sonhos (1) Stendhal (1) Stephen Hawking (1) superação (8) Televisão (2) Tempo (6) Thomas Huxley (1) Victor Hugo (4) Vida (36) Vingança (1) Vinicius de Moraes (14) William Blake (1) Winston Churchill (1)